domingo, 31 de outubro de 2010

"Num entrelaço,
Das tuas pernas, das tuas coxas
E me puxas para teu regaço,
E ali eu me desfaço
E mergulho em tua gruta quente,
E sugo todo o seu néctar..."


(Max,o Sedutor)

Um comentário: